A ansiedade nas crianças pode ser muito subtil, tão subtil que facilmente certas reações podem ser classificadas como de falta de educação, desobediência ou indisciplina. Seja por que motvo for, a ansiedade deriva sempre de um desequilíbrio do sistema nervoso. Há na sua base um estado neurofisiológico que gera comportamento de fuga, de luta ou de apatia.

Segundo os especialistas, infelizmente, muito poucas pessoas sabe de facto identificar a ansiedade nas crianças, mesmo profissionais da área da educação ou clínica. Principalmente, porque a ansiedade não se manifesta das formas mais comuns e expectáveis, como timidez, tiques nervosos ou roer as unhas. A ansiedade pode revelar-se em comportamentos desadequados e até uma certa ‘maldade’ da criança em relação aos adultos ou pares. Como regra geral, uma criança ansiosa tem com frequência birras, é mais inflexível/teimosa e mais facilmente irritável. Tem igualmente mais difculdade em controlar os seus humores, ou seja, revela maior instabilidade emocional, passando de um estado de espírito de euforia para um de tristeza ou vice-versa, demasiado rapidamente e sem motivo aparente. Outras formas de expressar ansiedade é através da criança ser mais mandona e, claro, ter ataques de raiva, de agressividade. A agitação numa criança também revela um estado ansioso, ela não consegue sossegar, estar parada.
O bullying tem sido fortemente associado a um estado de ansiedade da parte da criança que o faz. Especialistas afirmam mesmo que quando uma criança está bem, não trata mal as outras. Porém, os mesmos especialistas também referem que as vítmas de bullying são muitas vezes ‘escolhidas’ por revelarem comportamentos sociais que, na sua base, correspondem a ansiedade.
Há metodologias cientfcas e rigorosas para se avaliar o estado do sistema nervoso das crianças, através de traçar o perfil de stress com sistemas de biofeedback (sensores ligados ao corpo que captam a atividade do sistema nervoso autónomo). Quando estes dados se combinam com a análise comportamental, permitem elaborar um plano de ação com mais hipóteses de sucesso.
A regulação do sistema nervoso na base da ansiedade é complexo, porque é multifatorial, mas é possível com as técnicas disponíveis hoje em dia obter excelentes resultados. Pelo menos essa tem sido a experiência da Saúde Escudeiro!